Artista Ecmicles Nobe
Organizador GEDAF Nenhum comentário

O Artista plástico brasiliense Emicles Nobre, conhecido por “Nobre”, vem registrando momentos históricos do século 21, episódios inesquecíveis por ele vividos.

A corrupção deflagrada no meio político contaminado por gananciosos que burlavam a lei e faziam leilões dos recursos públicos da forma que bem lhes conviesse.

Continuava a corrupção sem precedente, mas com o avanço da operação Lava Jato muitos poderosos de colarinho branco foram parar na cadeia. Vários foram processados e ainda esperam por condenação. E não se sabe o que vai acontecer…

A posse do novo presidente da República, eleito legitimamente através do voto popular em outubro de 2018, trouxe esperança, renovação e muito otimismo para a recuperação da economia do Brasil. Havia expectativa de dias melhores.

Registro dos eventos segundo a ótica do artista

Parecia correr tudo dentro da normalidade, mas se complicou diante da pandemia inexplicável: o coronavírus mudou a vida das pessoas. Daí pra frente, a linguagem usada em todo o planeta já não é a mesma de outrora.

Agora se fala em Covid-19, H1N1, Zica, Chikungunya e Dengue, doenças que matam! Esta última é provocada pelo mosquito Aedes Aegypti e acompanha, na mesma medida do pavor, a corrupção e o assombro da marginalidade…

Parece pouco, mas é muita assombração para a sociedade oprimida pelo descaso e sufocada por incertezas, sem perspectiva de futuro.

O artista presencia tudo como se fosse uma lição de vida, mal preparada. Registra os eventos da forma que sabe: traduzindo os acontecimentos com imaginação em artes.

Emicles Nobre produziu algumas telas com temas propícios ao momento atual. Veja-as aqui e compartilhe com sua opinião sobre as imagens.

Quadro 1 – Rostos e Máscaras Protetoras

Primeiro plano: figuras de rostos humanos expressando o pavor, preocupação e o medo da morte. O quadro faz reverência às milhares de pessoas que já se foram, transformados em anjos celestiais e estrelas do firmamento que se perdem no horizonte infinito – a quantidade daqueles que partiram é imensurável.

Quadro 1: Rostos e Máscaras - Emicles Nobre (2020)

Quadro 1: Rostos e Máscaras – Emicles Nobre (2020)

Quadro 2 – Proteção pela fé através das orações

Proteção com uso da máscara e da fé, através das orações, configurações de setas girando em forma de círculo facilitando a identificação dos que não sabem ou não acreditam quais rumos a tomarem… O amargo gráfico indica a quantidade de óbitos pré-existentes, identificados através das estatísticas, as quais surpreendem a todo momento, sobre o número oficial daqueles que nos deixam tristes e apreensivos pela incerteza do amanhã.

Quadro 2: Fé e Orações - Emicles Nobre (2020)

Quadro 2: Fé e Orações – Emicles Nobre (2020)

Quadro 3 – Cuidados das Instituições Públicas

Painel representando a Justiça e apoio ao movimento da Organização Mundial da Saúde (OMS), responsáveis pelo bem-estar da população, promovendo o distanciamento social e proteção. Cuidados das instituições públicas e seus profissionais para controlar o avanço da contaminação do vírus que se espalha por toda parte e causa danos irreparáveis.

Quadro 3: Cuidados das Instituições - Emicles Nobre (2020)

Quadro 3: Cuidados das Instituições – Emicles Nobre (2020)

Quadro 4 – Escultura sobre a dengue e transmissão de doenças contagiosas

Demonstração simbólica, produzida em sucata, para representar o mosquito Aedes Aegypti que transmite a dengue, doença também letal. Escultura representativa no contexto da cadeia de transmissão que dá origem a outras doenças por vírus, incluindo o coronavírus.

Quadro 4: Transmissão da dengue e doenças contagiosas - Emicles Nobre (2020)

Quadro 4: Transmissão da dengue e doenças contagiosas – Emicles Nobre (2020)

Sobre Emicles Nobre

Nobre, assim conhecido artisticamente, desde 1960 vem produzindo peças artísticas para exposições em seu ateliê em Sobradinho, no Distrito Federal.

Sua obra é bastante vasta, rica em cores e detalhes, expressão da arte moderna com traços figurativos e abstratos. A arte de Emicles Nobre está exposta em murais públicos, painéis descritivos em ambientes de instituições, esculturas e quadros no Teatro de Sobradinho e Galeria Van Gogh.

Entre os trabalhos consagrados de Emicles Nobre destaca-se o monumento “Vida”, com quase doze metros de altura, posicionado na entrada de Sobradinho. Esta escultura surgiu da reflexão sobre a preservação ambiental e o movimento ecológico mundial. A escultura apresenta detalhes da planta protegida pelo homem e do sol sorridente que ilumina o planeta.


Fonte: Jornal de Sobradinho, jornalista Júnior Nobre, DRT 12050/DF, fotógrafo Eduardo Nobre, publicado em 21 mai 2020. Publicado pelo GEDAF com permissão do artista.

Contato com o artista Emicles Nobre

Clique aqui para acessar a página pessoal do artista.

Deixe uma resposta