Filme Um Senhor Estagiário (EUA, 2015)
Organizador GEDAF Nenhum comentário

A plataforma virtual MaturiJobs, desenvolvida pelo empreendedor Morris Litvak, oferece oportunidades para pessoas com mais de 50 anos, facilitando sua inclusão no mercado de trabalho.

Morris teve a idéia de criar um negócio voltado para o público diferenciado após a morte da sua avó, Keila. Aos 80 anos, ela tinha uma vida ativa, era secretária e tradutora em uma empresa, fazia trabalho voluntário e também ajudava muito a família.

O empreendedor percebeu que os mais idosos não conseguiam emprego devido ao preconceito etário, agravado pelos efeitos da crise no Brasil. Então, ele decidiu desenvolver uma solução tecnológica que também tivesse impacto social nessa questão.

Em 2015, Morris fundou a MaturiJobs, um negócio social com o intuito de ajudar as pessoas maduras a encontrarem oportunidades de continuarem ativas e compartilharem suas experiências. A plataforma oferece cursos, tecnologia e incentiva o empreendedorismo. “Nosso foco é dar apoio para que depois a pessoa possa se virar sozinha”, observa o empreendedor.

Resultados na prática

O cadastro na plataforma é gratuito, assim como os conteúdos do MaturiJobs na internet, acesse aqui.

O candidato faz a busca de acordo com o tipo de emprego, incluindo seu currículo, hobbys, e outros itens. Atualmente, mais de 80 mil pessoas e 750 empresas estão cadastradas no site, que tem mais de 65,7 mil acessos mensais.

A MaturiJobs foi reconhecida pelo Sebrae e pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) como negócio de impacto social e recebeu o Prêmio Incluir 2017. Desde 2015, o Sebrae é parceiro da ONU no fomento aos negócios de impacto social e ambiental.

As pequenas e médias empresas são as principais ofertantes de vagas ao público com faixa etária mais elevada. Segundo Morris, essa realidade resulta da falta de comprometimento de funcionários mais jovens.
Os cargos comumente oferecidos são nas áreas de vendas, atendimento a clientes, finanças e contabilidade, e funções gerenciais.

Morris Litvak se empenha em sensibilizar as grandes corporações, oferecendo consultoria para mostrar que trabalhadores mais velhos possuem mais experiência e segurança. Ele lançou um manifesto sobre a longevidade dos trabalhadores, intitulado “Conectar é o que nos move. Resignificar é o que nos define”, acesse aqui.

Envelhecimento da população

A população brasileira envelhece a cada ano, aponta levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), enquanto o mercado de trabalho se fecha para pessoas com mais de 50 anos.

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD), do IBGE, realizada em 2018, registrou que o número de idosos com 60 anos no Brasil cresceu 18% em cinco anos, alcançando 30 milhões de pessoas em 2017, cuja maioria (56%) é de mulheres. Em 10 anos, a proporção de adultos entre 30 a 59 anos aumentou 4,8%.

A ONU avalia que a população idosa no mundo está crescendo e, até 2050, poderá chegar a dois bilhões de pessoas, quase três vezes mais o total de pessoas nessa faixa etária.

Fonte: Agência Sebrae de Notícias, MaturiJobs, acesso em 06/02/2019.

Deixe um comentário